Depoimento de Ana Paula Meirelles: uma mãe de anjo e de uma prematura extrema

Olá a todos! Hoje tenho a gratidão de apresentar a vocês mais uma integrante e parceira dessa rede de suporte informacional e afetiva que estamos formando a cada dia.

Ana Paula é mãe de Theo, seu gemelar e bebê anjo, e Maria Eduarda, a irmã de Theo e seu grande amor aqui na Terra. Ana tem o seu coração ligado eternamente à Terra e aos Céus.

Conheci Ana Paula na ONG Prematuridade.com, ONG na qual eu- Teresa Ruas- e ela fazemos parte. Tivemos uma grande empatia uma pela outra, desde o início e, com certeza pela afinidade de nossas experiências com a prematuridade extrema de nossos bebês.

Segue o Depoimento de Ana:

¨Chegamos na Suíça meados de junho, aos 3 meses de gestação com ambos os bebês se desenvolvendo bem. Tudo mudou quando a inesperada ruptura de uma das bolsas nos levou a emergência do Hospital e, ainda, estávamos nas 23 semanas de gestação. A bolsa que rompeu foi a do Theo. A equipe então começou as manobras para postergar o nascimento dos bebês. Neste momento, os avós já estavam se organizando para pegar o avião e vir ao nosso encontro.

Mesmo com todo trabalho da equipe, a natureza seguiu seu curso: Theo e Maria Eduarda nasceram de parto normal com 24 semanas gestacionais. Theo não sobreviveu ao parto e os médicos não conseguiram descobrir a causa do rompimento prematuro da bolsa. Maria Eduarda nasceu com 590 gramas. Nós entramos numa montanha russa de sentimentos: alegria pela chegada de Maria Eduarda, tristeza profunda pela perda de Theo, a angustia e medo pelo que iríamos enfrentar e o amor, o amor de pais que nasceu junto com nossos filhos e que nos manteve unidos e fortes.

Com apenas 4 dias de vida e 600g, ainda intubada, ela veio ao colo e, pela primeira vez, sentiu o calor do meu colo! Foi uma hora de canguru, seu peso era quase imperceptível, mas foi um momento que nunca vamos esquecer… ali… coração com coração e nós trocamos amor, ela nos dando energia, nos ajudando na dor da perda do Theo e, nós, pais, mostrando à ela que estaríamos lá sempre, que a amávamos muito. Maria ficou 4 meses no hospital.

Hoje, Maria Eduarda é uma bebê super saudável, alegre, se desenvolve bem e distribui sorrisos a todo instante! O que podemos dizer para quem está vivendo uma situação semelhante? Viva um momento por vez, não desanime, o amor pode curar!”

Assim, diante de tantas experiências significativas e bem características de uma mãe de anjo e de uma prematura extrema, Ana Paula resolveu fundar o Prematuros Pelo Mundo que é um grupo de pais, familiares, amigos e profissionais da área de saúde que tem em comum um bebê prematuro em suas vidas. É  um canal onde os pais podem compartilhar histórias e experiências de vida, buscar repostas para  dúvidas ou  uma palavra de conforto, encontrar informações técnicas confiáveis, dicas, recomendações de serviço e profissionais ligados a prematuridade aqui na Suíça.

Trazer uma rede de amor, carinho, calor brasileiro para famílias que estão passando ou passaram pelo momento difícil de ter um bebê prematuro fora de seu país, sem sua rede de apoio, é a missão deste grupo.

Juntos somos mais fortes, um grande abraço, Ana Paula, agora como parceira do prematuros.com.br e @prematurosbr e fundadora do canal Prematuros pelo Mundo

Ana Paula com Maria Eduarda, com apenas 4 dias de vida

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta