Enfermeiras de UTIs neonatais contam como é passar o Natal com os prematuros – e longe das próprias famílias

Elas ficam com o peito apertado, com vontade de celebrar com a família essa data especial, mas sabem que há um propósito muito maior – e repleto de amor e doação – em sua profissão. Sobretudo em dias especiais

O contexto da prematuridade e de outras condições de risco envolve muitas particularidades quanto à presença familiar em uma UTI Neonatal/Pediátrica e não somente em período de pandemia, como o atual. Pais e bebês prematuros vivenciam outras formas de vinculação, contato afetivo, aleitamento materno e experiências durante os seus primeiros dias e meses de vida. Essas particularidades são tantas que permaneci juntamente com a CRESCER o ano todo escrevendo sobre a Vida de Prematuro e suas famílias. Gostaria, primeiramente, de agradecer a todos por nos acompanhar e de dizer que durante o ano de 2021 continuaremos juntos nessa jornada tão especial chamada prematuridade.

https://revistacrescer.globo.com/amp/Colunistas/Teresa-Ruas-Vida-de-Prematuro/noticia/2020/12/enfermeiras-de-utis-neonatais-contam-como-e-passar-o-natal-com-os-prematuros-e-longe-das-proprias-familias.html

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta